Tamanho da fonte: Diminui fonte Aumenta fonte
05/mai/2017

homenagem

HC faz homenagem ao professor Ferreira Santos


Responsável pela primeira cirurgia no hospital

O Departamento de Cirurgia e Anatomia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e o Hospital das Clínicas fizeram, na manhã desta sexta-feira, homenagem aos 100 anos de nascimento do professor e doutor Ruy Escorel Ferreira Santos fundador do Departamento de Cirurgia da FMRP. Profissionais que trabalharam com ele, ex-alunos, os filhos e neta participaram do evento que relembrou um pouco da vida de um homem que marcou a vida de muitos.
Para o médico Isac Jorge Filho, ex-aluno, o professor Ferreira Santos foi "antes de mestre foi meu amigo. Sempre preocupado com a dignidade da classe médica".  Para o também ex-aluno Denizard Rivail Gomes. "Era impressionante a capacidade de trabalho dele. Ele saia de uma cirurgia, entrava em outra, saia para dar aula e voltava para mesa de cirurgia. Era impressionante".
Para o colega, doutor Célio Fontão Carril o professor Ferreira Santos "foi antes de tudo, meu mestre e amigo. Praticamente tudo que sei em cirurgia foi ele que ensinou". Aliás, os dois participaram da primeira cirurgia realizada no Hospital das Clinicas em 1956 (foto). Para o colega, professor e doutor Albert Amin Sader "o legado do professor Ferreira Santos é "ad eternum". Respeitava e fazia respeitar todos pacientes, os quais eram identificados pelos nomes e não por números do leito. Honestidade e ética eram, para ele, valores absolutos".
Para o superintendente do HC, professor doutor Benedito Carlos Maciel "sem duvida é uma homenagem justa pelo papel fundamental que desenvolveu como pioneiro, fundador do Departamento de Cirurgia bem como seu exemplo de profissional, líder e professor com elevado nível engajamento na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto".
A diretora da FMRP, professora doutora Margaret de Castro não o conheceu. Ela estava entrando faculdade e o professor Ferreira Santos deixando a Instituição.  "Mas anos depois, como membro de comissão de graduação, ao estudar o processo de implantação das modificações que o currículo de medicina que a FMRP passará, em meados dos anos 60, pode compreende o respeito que se tinha pelo nome do professor".

São lembranças de um profissional, que deixou o legado de um ser humano.

O link leva o leitor à história da fundação do Departamento de Cirurgia da FMRP. http://rca.fmrp.usp.br/historia/historia1.htm