Tamanho da fonte: Diminui fonte Aumenta fonte
11/out/2017

Terapia Ocupacional

A importância da Terapia Ocupacional

O Serviço de Terapia Ocupacional teve início no HC em março de 1979, com a contratação da primeira profissional, Lucia Bressani. Hoje, são 25 que todos os dias vêm ao hospital com a missão de adaptar os pacientes à novas realidade, à novos desafios. São pacientes em situação de risco de todas as idades, de diferentes níveis de complexidade e vulnerabilidade que contam as técnicas e recursos de adaptação desses profissionais para melhorar sua qualidade de vida.

No HC, a equipe atende pacientes e cuidadores em qualquer fase do tratamento: internação, reabilitação, cuidados paliativos ou fase final da vida. A equipe atua no Centro de Reabilitação, enfermarias e ambulatórios, saúde mental e HC Criança

CER - Onze profissionais atuam no CER para auxiliar crianças e adultos a retomar seus valores e adaptar-se a s novas rotinas geradas pelas deficiências através de recursos assistivos e adaptações.

Enfermarias e Ambulatórios - Oito profissionais atuam nas enfermarias auxiliando pacientes a minimizar a interrupção da rotina pela internação, construindo formas de adaptação no contexto hospitalar e com a condição de adoecimento, hospitalização e sofrimento causado pelo afastamento de sua rotina. Também orienta familiares e cuidadores quanto aos cuidados e quanto a importância de manutenção de papéis sociais e ocupacionais do paciente, de reorganizar o cotidiano.

Saúde Mental e Hospital Dia - As duas profissionais do Hospital Dia, atuam nos transtornos psíquicos, inclusão social e ocupacional; promovendo autonomia no gerenciamento das atividades cotidianas através de atendimentos individuais e grupais, utilizando como recursos atividades lúdicas, gráficas, artesanais, corporais e expressivas, treino de atividades instrumentais.

HC Criança - A missão das cinco profissionais do HC criança é trabalhar para o desenvolvimento e integração sócio ocupacional do recém-nascido e da criança, com abordagens da psicomotricidade, no processo de aprendizagem, de integração sensorial e melhoria da relação criança-cuidador.